Make your own free website on Tripod.com
Tricotilomania - S.O.S. Tricotilomania
A Dieta Kender
Tricotilomania Home
Sobre a Tricotilomania
Ocorrências da Tricotilomania
Causas e Conseqüências da Tricotilomania
Hábitos Relacionados a Tricotilomania
Tricotilomania- Tratamento
Procurando Tratamento Profissional
A Teoria do Dr. Penzel
A Dieta Kender
Tricotilomania: Mitos e Fatos
Resistindo à Vontade de Arrancar Cabelos
Está Pronta Para Parar ?
Tricotilomania - Dicas
Recuperação dos Cabelos
Cadastro de Profissionais
Trico com Humor
Fotos- Danos da Tricotilomania
Fórum
Links
Depoimentos
Depoimentos 2
Depoimentos 3
Depoimentos 4
Depoimentos 5

logo-peq.jpg

A Dieta John Kender

John Kender, professor de ciências de computação da Universidade de Columbia em Nova York, começou a sofrer de Tricotilomania aos 13 anos de idade. Ele é o criador da Dieta Kender que o curou da TTM há quase sete anos. Kender começou sua pesquisa mantendo anotações de tudo que comia. Assim, ele pode observar que tipos de alimentos tinham a tendência de fazê-lo arrancar seus cabelos. Kender criou então uma lista de alimentos que devem ser evitados por pessoas que sofrem de TTM. Ele chama essa lista de "alimentos ruins".

A pesquisa de Kender e baseada na idéia de que pessoas com Tricotilomania parecem sofrer de uma irritação, seguida de coceira, causada por um fungo que é normalmente encontrado na pele, chamado Malassezia. Os "alimentos ruins" da lista de Kender agravam as reações normais que o organismo tem a esse fungo, causando irritação na pele. Quase todas as pessoas possuem esse fungo na pele, principalmente nos folículos dos cílios, sobrancelhas e do couro cabeludo.

Kender criou um teste para pessoas interessadas em saber se seu problema de arrancar os cabelos tem alguma ligação com sua alimentação. O teste é simples: Basta comer tantos quantos amendoins forem possíveis, e logo após, beber Coca-Cola. Se em apenas dois dias houver um grande aumento na vontade de arrancar os cabelos, pode-se considerar que a Tricotilomania é relacionada à dieta. Sendo assim, de acordo com Kender é aconselhável eliminar os itens abaixo da alimentação.

Os alimentos ruins são:

* Açucares em geral, incluindo o adoçante aspartame, encontrado na Coca-Cola Diet;
* Glucose;
* Gema de ovo;
* Cafeína (incluindo mate e Coca-Cola);
* Pipoca e milho para pipoca;
* Semente de tomates;
* Amendoim;
* Monosodium Glutamate;
* Broto de alfafa;
* Crustaceos (siri, lagosta);
* Produtos a base de soja;
* Manteiga;
* Peixes muito gordurosos (atum, sardinha, salmão);
* Moluscos;
* Nitratos;
* Ervilhas;
* Feijão (qualquer tipo);
* Toronja.

Para contrabalançar, aqui vai uma pequena lista do que não somente é permitido comer, como também se acredita que pode ajudar a diminuir a Tricotilomania. Esses alimentos são:

* Laranja;
* Maçã;
* Vinho tinto;
* Limão;
* Cereja;
* Bife;
* Alho;
* Cebola;
* Kiwi;
* Banana;
* Chá sem cafeína;
* Raiz de gengibre;
* Mamão;
* Goiaba;
* Abacaxi;
* Mostarda;
* Repolho.

Seguir essa dieta ou não é uma opção individual de cada um. É também aconselhável que espere ao menos um mês para que possa notar algum resultado. Pode parecer ser difícil seguir tantas restrições, mas tudo que quebra uma rotina e difícil. Após o estabelecimento de novos hábitos alimentares, essa dieta se tornará muito fácil de seguir. Basta substituir os alimentos. Além disso, para alguém que vem sofrendo de um problema tão desagradável quanto a Tricotilomania, um pequeno sacrifício
como esse pode muito valer a pena.
Tente!


*Toda dieta deve ser acompanhada por cuidados médicos.

 

 

 
Para dicas ou problemas com esse site, contate:
Leonora Martins, Registered Nurse(Houston-Texas)

© Copyright S.O.S. Tricotilomania. Todos os direitos reservados.